Você escolhe por você ou pela opinião dos outros? Como se libertar disso?

Você escolhe por você ou pela opinião dos outros? Como se libertar disso?
Avalie esse artigo

Decisões Influenciadas por Terceiros – Corrigindo…

Opa! Recentemente me peguei numa corda bamba na hora de comprar meu carro. Eu sabia o exato modelo que eu queria, mas a minha escolha estava sendo influenciada por opiniões de outras pessoas ao meu redor, e resultando em me deixar com dúvidas de minha escolha: o carro que eu quero ou o carro que a pessoa prefere?

como-tomar-decisoes-rapidas
como-tomar-decisoes-rapidas

E se não bastasse, coloquei a responsabilidade de procurar um mecânico de confiança na mão de outro terceiro. Basicamente, estava terceirizando toda a compra do meu carro.

Até que uma pessoa muito próxima minha comentou: Vini, você está deixando de decidir o que você quer para escolher o que as outras pessoas preferem.

Para ver o tamanho da influencia, eu curto carro Sedan, tipo um New Civic, City, Corolla… E as pessoas ao meu redor, preferem tipo Ecosport, Picasso… Uma tremenda diferença, não é mesmo?

Em vista disso, eu tomei a decisão libertadora! A decisão foi: tomar todas as decisões e me responsabilizar 100% por elas – pela compra do carro. Seja em chamar ou não um mecânico de confiança antes de comprar, fazer ou não uma escolha certa, colocar ou não um acessório bacana, rs.

O fato foi que eu escolhi o que eu realmente sonhei, coloquei o que achei que deveria colocar, cometi erros – e que me custaram uma boa grana! E não me arrependo por isso! Porque se eu tivesse deixado outra pessoa opinar para influenciar minha decisão, se acontecesse algo de errado, a maioria das pessoas iria possivelmente (ou mentalmente) culpar ou ficar chateado com a pessoa.

“Poxa, Fulano… Confiei em você, e olha o que aconteceu…”

Exercício das Decisões Libertadoras

E gostaria que você fizesse um exercício de reflexão agora:

NA SUA MENTE,

  1. Relembre as 5 últimas coisas que você comprou, veja qual delas foi influenciadas pela decisão de terceiros.
  2. Agora se essa decisão/escolha não tivesse influência desse(s) terceiro(s), o que você escolheria?

Assim você repensa sobre suas decisões com a ajuda de terceiros.

EM UMA FOLHA,

  1. Qual e a próxima decisão/escolha que você precisa fazer?
  2. Na sua mente, qual é a escolha exata que você quer fazer?
  3. Qual é a opinião das pessoas referente à sua escolha?
  4. Quantos % essa(s) pessoa(s) está influenciando (colaborando ou atrapalhando) com a sua decisão?

Fazendo isso, perceberá o peso da influencia de cada uma.

Você pode ter uma atitude libertadora, fazer tudo por conta própria (tudo possível, com senso, é claro!) e se responsabilizar por tudo o que acontecer (de bom ou ruim).

É capaz que se aconteça algo ruim, alguma pessoa fale: “Eu te disse… Eu avisei… Você é teimoso!” – É melhor ouvir isso do que estragar/se chatear com a pessoa pela decisão dela! Olhando de uma forma mais ampla, você colabora com a relação de vocês (amizade, amorosa, etc)

Que tal começar a assumir a responsabilidade nas suas decisões? Além do mais, você passa a tomar decisões mais rápidas… Decisões mais fáceis! Pense nisso. Agora, aja!

Como seria receber mais insights como esse para melhorar o seu dia a dia? Me permite então enviar pra você mais por e-mail? Se sim, ótimo! Se não, nos vemos num próximo artigo! Cadastra aqui abaixo pra receber mais dicas como essa! :)

Valeuuu,
Vini! :)

Receba minhas dicas exclusivas por e-mail e conteúdos extras!

Digite seu e-mail atual abaixo e clique no botão para ser adicionado ao meu grupo exclusivo por e-mail. É gratuito! :)

Ah! Se curtiu, compartilha aí com seus amigos no Facebook ou Whats App! :) Eles vao adorar!